Noticias

Alunos da Ufam de cursos que não aderiram à greve terão longo recesso em 2016


Para tentar cumprir o calendário de reposição de aulas, os universitários de cursos que não aprovaram a greve dos docentes da Ufam terão de ficar quatro meses de férias. A previsão é que o primeiro semestre/2016 inicie para todos no dia 6 de junho

    foto legenda
    De acordo com o Lucídio Rocha Santos, pró-reitor de Ensino de Graduação (Proeg), as aulas para os cursos que não anuíram à greve acabam em janeiro e retornam dia 6 de junho (Bruno Kelly)

    A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) conta com 117 cursos universitários. Desses, 43 não aderiram à greve dos Docentes da Ufam e continuaram cumprindo o seu calendário acadêmico, mas, apesar dos alunos terem desempenhado suas atividades normalmente, terão de ficar quatro meses de férias devido ao calendário de reposição das aulas, divulgado na última quarta-feira (14), e que inicia nesta segunda-feira (19).
    De acordo com o Lucídio Rocha Santos, pró-reitor de Ensino de Graduação (Proeg), as aulas para os cursos que não anuíram à greve acabam em janeiro e retornam dia 6 de junho, período em que os cursos devem se unificar para iniciar o primeiro semestre/2016.
    “O que podemos fazer nesse recesso é ofertar disciplinas optativas e de extraperíodo, mas isso ainda precisa ser discutido com as coordenações dos cursos”, adiantou Lucídio Rocha Santos.
    “O atraso causado pela greve não altera o calendário do ano civil. Em função dos 120 dias de greve, o atraso é a consequência natural da paralisação (para os alunos se formarem), algo que todos da comunidade acadêmica sabem. O que buscamos é tentar encurtar esse período de recesso, pois não podemos diminuir os dias do ano letivo. Podemos ter no mínimo (segundo o Conselho Nacional de Educação - CNE) 200 dias escolares letivos”, acrescentou.
    Conforme o calendário de reposição de aulas, o primeiro semestre de 2015 dos cursos afetados pela greve será finalizado no dia 12 de dezembro. O segundo semestre deste no ano chega ao fim no dia 6 de maio de 2016.
    “Os cursos estão normalmente começando na segunda-feira (19). É uma continuação dos planos de cursos que já estavam aprovados. Não haverá nenhuma modificação nesses planos de aula, em seus dias, são os mesmos horários. Esperamos que tudo ocorra bem no ponto de vista do aluno. A gente acredita que com o tempo tudo voltará à normalidade”, finalizou o pró-reitor de Ensino de Graduação.
    Cronograma de atividades
    1. Período de Reposição de 2015/1 – de 19/10 a 12/12/2015
    2. Período para novas solicitações de disciplinas pelas coordenações de curso – de 03 a 06/11/15
    3. Período para atribuição e tramitação de disciplinas pelas Chefias de Departamento e Coordenações Acadêmicas – de 09 a 13/11/2015.
    4. Período de Provas – de 14 a 19/12/2015
    5. Período de Lançamento de Notas – de 14 a 20/12/02015
    6. Período para a Primeira Solicitação de matrícula – de 21 a 22/12/2015
    http://acritica.uol.com.br/noticias/Alunos-aderiram-Docentes-Ufam-prejudicados_0_1450055028.html

    Alunos da Ufam de cursos que não aderiram à greve terão longo recesso em 2016 Alunos da Ufam de cursos que não aderiram à greve terão longo recesso em 2016 Reviewed by Portal do Urubui on 00:49 Rating: 5