Noticias

Boi Manaus 2015 promove resgate da cultura do bumbá e leva 100 mil à Ponta Negra

Boi Manaus 2015 promove resgate da cultura do bumbá e leva 100 mil à Ponta Negra

Compartilhar:
Foto: Divulgação / Semcom
Boi Manaus 2015 teve duração de quase 10 horas
A segunda noite do Boi Manaus 2015, realizado pela primeira vez na Ponta Negra, levou 100 mil pessoas para a orla do rio Negro, resgatando o público que consolidou a manifestação folclórica como identidade cultural da cidade. O evento, que teve duração de quase 10 horas, encerrou a programação promovida pela Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), em comemoração aos 346 anos da capital amazonense.


“É um sucesso, eu só sinto alegria vinda das pessoas. Vivemos uma crise feia, que machuca Manaus mais que qualquer outra cidade, mesmo assim, não se encontra um alto astral tão grande quanto aqui. O alto astral mora aqui”, vibrou o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, que acompanhou a festa do camarote instalado de frente para a pista onde desceram os trios, mas aproveitou os intervalos para caminhar e conversar com a multidão presente. “Aqui tem administração firme, tem a irmandade essa administração com o povo, a aplicação de recursos nas melhores opções para resolver os problemas e a vontade inquebrantável de que a gente saia bem dessa crise”, disse. “É um dia de alegria para mim. Manaus é só sorrisos, porque as pessoas estão sentindo que não vamos deixar cair a peteca”, garantiu.


O prefeito disse, ainda, que conversou com muitas pessoas durante sua permanência na Ponta Negra, para saber delas a opinião sobre a mudança de local. “Foi quase unânime. Elas me disseram que foi muito boa a mudança. Que aqui eles têm mais liberdade, têm mais opção. Até me sugeriram que no próximo evento a gente também ofereça outros gêneros de música espalhados pela praia. É uma proposta a ser avaliada, dentro das possibilidades”, afirmou. “

De acordo com o diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula, a decisão de levar a tradicional festa de aniversário de Manaus para o cartão postal mais disputado da cidade foi baseada em um estudo técnico que se mostrou acertada diante da aprovação da população. “A nossa avaliação foi feita a partir da viabilidade operacional, artística, financeira e turística da Ponta Negra. A noite de hoje (sábado) mostrou que a população aprovou essa decisão”, afirmou. 


A pista sentido bairro-centro ficou tomada durante todo o percurso do trio que ia da Bola das Águas até o final das quadras. No outro lado da pista, muitas famílias participaram da festa. O calçadão, Anfiteatro e até mesmo as sacadas dos prédios ficaram lotados, durante a apresentação dos sete artistas.

“É a primeira vez que curto o Boi Manaus com a família. Sempre ia sozinho por conta do tumulto. Aqui está tranquilo e, por isso, trouxe a mulher e dois filhos”, afirmou o fisioterapeuta Rodney Vieira.


A banda Carrapicho abriu a sequência de apresentações com clássicos dos anos 90, que consagraram a fama do grupo nacionalmente. A cantora Eliana Printes brindou o público presente com uma participação especial. Canto da Mata deu continuidade a festa, reunindo os primeiros grupos de dança em volta do trio. Carlinhos do Boi mostrou que sabe segurar a animação do início ao fim. Arlindo Jr, que veio acompanhado da Marujada, torcida organizada Força Azul e Branca (FAB) e um corpo de dançarinos do Caprichoso; e Israel Paulain, que se apresentou cercado da Batucada, dançarinos e com participação especial de Márcia Novo, foram os responsáveis pelo ápice do evento, antes da queima de fogos.

“Parabéns, Manauscult, pela inovação em trazer a festa para este lugar lindo e que acabou renovando o jeito de comemorar”, disse Israel. À frente do trio, ele cantou “O Camisa Encarnada” durante os cinco minutos de show pirotécnico que aconteceu à meia-noite. 

Zezinho Correa animou a multidão

Uma multidão acompanhou as duas últimas atrações a se apresentar na pista: David Assayag, que levou o público ao delírio, e Sebastião Jr, que interagiu o tempo todo com a galera, em um show recheado de sucessos recentes.

A parte cênica e de desfile dos itens oficiais ficou a cargo dos bumbás de Manaus. Brilhante, Garanhão e o atual campeão, Corre Campo, subiram ao palco do anfiteatro nessa sequência.   

Aprovação popular

“Amamos, adoramos! É tudo muito bonito!”, afirmaram os turistas venezuelanos Ney Lupitta e Franzine, que pela primeira vez participaram do Boi Manaus e tiveram a oportunidade de conhecer o boi bumbá. “No próximo ano vamos vir, com certeza”, disse Lupitta. 

Arthur Neto e a primeira-dama Gorete Garcia: só alegria no Boi Manaus 2015

O dançarino do grupo Garantido Show, Alisson Vieira de Souza, que já participa do Boi Manaus há cinco anos, aprovou o novo circuito dos trios. “Não pensei que fosse um evento dessa grandeza. É um modelo moderno e foi surpreendente ver essa multidão aqui”, disse enquanto fazia coreografias no chão.

Arthur Neto fala à imprensa sobre o evento

“Um evento audacioso, que está se consagrando aqui na Ponta Negra. Além de ser superdivertido, é diferente, trouxe o público amazonense para curtir a cultura do boi bumba na orlado Rio Negro. Isso não tem explicação. É interessante porque não foi só trazer o público, mas também inovou e o boi pode ser colocado de maneira mais valorizada”, afirmou o coreógrafo do corpo de dança do Caprichoso, Andrew Roti. O grupo se apresentou com todos os artistas do bumbá azul e branco.

Arthur, a esposa Gorete Garcia e Patixa no Boi Manaus 2015 

Estrutura 

Aproximadamente 1 mil pessoas trabalharam durante toda a noite de sábado e madrugada de domingo para que a festa na Ponta Negra transcorresse com tranquilidade. Serviços de coleta seletiva da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), de sensibilização da Secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Humano (Semmasdh), de fiscalização do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) e da Secretaria Municipal de Trabalho, Empreendedorismo, Abastecimento, Feiras e Mercados (Semtef), Visa Manaus e conselhos tutelares estiveram em ação.

A segurança, transporte e trânsito foram reforçadas com a Polícia Militar que mobilizou um efetivo de 250 policiais militares, em 12 motos, sete viaturas e dois quadriciclos. Entre outros serviços, também estiveram presentes 20 bombeiros em duas viaturas; 100 agentes do Manaustrans e 90 homens da Guarda Municipal, 11 técnicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência divididos em três ambulâncias, duas unidades básicas de saúde, uma unidade avançada e o posto fixo de urgência e emergência da Ponta Negra.

“Achei tudo maravilhoso. Eu trabalho aqui na Ponta Negra e hoje estou de folga. Costumo acompanhar os eventos que acontecem e este está de parabéns, principalmente pela organização. A fiscalização também funcionou”, afirmou Jéssica Gomes, que é gari e atua na localidade.

http://portaldozacarias.com.br/site/noticia/boi-manaus-2015-promove-resgate-da-cultura-do-bumba-e-leva-100-mil-a-ponta-negra/

Boi Manaus 2015 promove resgate da cultura do bumbá e leva 100 mil à Ponta Negra Boi Manaus 2015 promove resgate da cultura do bumbá e leva 100 mil à Ponta Negra Reviewed by Portal do Urubui on 23:00 Rating: 5